Michael Fassbender Brasil
Site brasileiro dedicado ao ator Michael Fassbender
Menu
Michael Fassbender é capa da British GQ

A edição de dezembro da British GQ traz Michael Fassbender em uma nova entrevista e uma sessão fotográfica assinada por Matthew Brookes.

A revista publicou alguns trechos de sua conversa com Michael, nos quais fala sobre os rumores de que poderia ser um dos próximos candidatos ao papel de James Bond, atuar ao lado de Alicia Vikander e o concorrente à presidência dos EUA Donald Trump. Leia a tradução abaixo e veja a capa e uma das imagens do novo ensaio na galeria do site.

cover001 001

As probabilidades de Michael Fassbender se tornar o próximo James Bond depois Daniel Craig são de 16/1 no Paddy Power. Damian Lewis tem as mesmas probabilidades, enquanto os que estão à frente ainda são Tom Hiddleston, Aidan Turner e Idris Elba. Fassbender quer que isso seja esclarecido de uma vez por todas – “Bond! Esse boato continua?. Sim, muito, eu digo a ele. “Você teria pensado que eu estava fora das apostas até agora”

Então vamos lá, de uma vez por todas, ele consideraria interpretar James Bond? “Para ser honesto, não. Enquanto papel, acho que Daniel fez um trabalho sensacional nesta faixa etária”. Eu digo a ele que acho que Craig é cerca de dez anos mais velho que Fassbender. “Bem, olhe para mim, eu pareço ter 50 anos! Não, acho que a franquia precisa de algo novo”. Como? “E se começarmos o filme em Sandhurst, treinando o exército, em vez de em um iate, ou ele está no Oriente Médio em uma operação e é arremessado no brigue por insubordinação. Ele vai à corte marcial… “

Para alguém que acabou de se retirar da corrida, ele tem pensado muito em James Bond. “Bem, eu pensei muito sobre isso, o filme poderia começar em Sandhurst e como ele se tornou um ‘0 duplo’. M poderia entrar e dizer a ele, ‘Bond, há um projeto 00, mas vai ser totalmente fora do roteiro, black ops, e você tem que ir para a prisão sem ser detectado”. Fassbender ri, “Eu adoro Bond. Todo mundo não adora? Cresci com ele. É sempre uma conversa divertida para se ter”.

“Mas Bond deve ser alguém em seus vinte e poucos anos”. E quanto a Ryan Gosling? “Claro, por que não? Eu sempre pensei que Bond deveria ser britânico, mas vamos pegar um americano. Ou talvez alguém como Jack O’Connell seria bom? Ou melhor ainda, que tal Jane Bond? Uma mulher. Uma coisa é certa, não será ninguém na lista de apostas, nunca é”.

Sobre atuar com sua parceira Alicia Vikander

“Derek [Cianfrance] estava tentando criar um ambiente onde os atores pudessem ser tão reais quanto possível. Você serve os personagens. Você usa elementos da realidade, mas também a imaginação. A relação entre mim e Alicia passou a não poluir as viagens de Tom e Isabel, os personagens. Não para mim, de qualquer maneira.”]

Sobre Donald Trump

“Acho que as pessoas estão com raiva e é por isso que o Trump tem um seguimento tão grande. Eles se sentem desprotegidos e esta é sua maneira de atacar de volta. Mas ele é a resposta que eles estão procurando? Parece-me que ele é alguém que nos levou a essa bagunça em primeiro lugar, com os banqueiros e assim por diante – ele é apenas parte do problema. “

Tradução: Michael Fassbender Brasil